Muaythai: Diamond League retomou na Marinha Grande
Foto: Diogo Jerónimo/PFN

A Sede do Império Marinhense, na Marinha Grande, Leiria, abriu as portas à primeira Diamond League de 2022, uma organização da Dinamite Warriors Factory Team que tem como ambição dinamizar a modalidade na zona centro.

A partir das 16h00, presencialmente ou via stream na PFN, assistiu-se a uma verdadeira maratona de muaythai e K1 com a adrenalina ao mais alto nível por mais de quatro horas. Nos 15 combates, entre amadores, neoprofissionais e profissionais o público foi brindado com uma mão cheia de KOs.

Os dois duelos profissionais da noite terminaram antes do tempo. Da Warriors Factory, a jogar em casa e com o público todo a vibrar, Yuri Ceita bateu por KO, logo no primeiro round, o espanhol Amer Samadi num combate de K1 -95kg. Sabor agridoce o do KO, pois no último combate a derrota ficou em casa: Fábio Lopes foi surpreendido por um high kick de Bruno Costa, da VR Team Fighters José Reis, que venceu por KO no segundo assalto.

Nos neoprofissionais a surpresa foi a vitória de Ivo Duarte da Thai Kick que deixou KO João Átila da FTX. Joana Cabecinha da Dinamite Team foi superior à espanhola Lucrezia Folliero no primeiro combate de classe B de muaythai. Da mesma equipa, mas em K1, André Silva bateu David Gonçalves da Team Bad to the Bone. Teresa Moreira triunfou perante a espanhola Patrícia Lopes no encontro de muaythai -48kg. Ainda dos “ninjas” Diogo Martins, na sua estreia sem proteções, carimbou a vitória sobre Ali Laamari de Espanha em K1.

As vitórias por KO surgiram logo nos amadores com Nazar Stashko, da Warriors, que bateu ao primeiro assalto Hugo David da Lis Tiger. Também Ricardo Marques da Escola de Kick Fernando Paulo venceu por TKO Tiago Casimiro da Thai Gym Team. Gustavo Ascenso, Yulian Sirbu, Pedro Cabral, Gonçalo Pereira, Gilcy Monteiro e Rafael Araújo foram os outros grandes vencedores da tarde.

A Diamond League, liga dedicada ao muaythai e K1, para 2022 promete estar de volta ao ritmo pré-pandemia. Tendo como “clube mãe” a Dinamite Team, mas com uma série de clubes afiliados, como a Dinamite Warriors Factory, a 100% Muay Thai ou a FTX, a Diamond League aposta em eventos mensais e em vários pontos do país. O próximo será já a 5 de março, em Almada, com a organização da 100% Muay Thai.

(Galeria de fotos brevemente disponível)

Fonte: Kombat Press

318 Views0
Muaythai: Diamond League Warriors Factory

A Dinamite Warriors Factory Team organiza a primeira Diamond League de 2022 já a 20 de fevereiro. A Sede do Império, na Marinha Grande, Leiria, será a casa de uma maratona de duelos de muaythai e K1.

De classe C a classe A todos vão a jogo nesta gala que volta a chamar também a atenção de clubes internacionais com vários combates ibéricos.

Em destaque estão os dois últimos combates da tarde/noite, ambos profissionais e de K1: nos 67kg Fábio Lopes da Warriors Factory terá pela frente Bruno Costa da VR Team Fighters Zé Reis; nos 95kg o embate será entre Yuri Ceita da Warriors Factory e o espanhol Amer Samadi da Team Jesus Cabello.

Nos neoprofissionais vão a jogo duas mãos cheias de atletas. Joana Cabecinha da Dinamite Team divide o ringue com Lucrezia Folliero de Espanha; André Silva da Dinamite enfrenta David Gonçalves da Team Bad To The Bone; João Átila da FTX tem encontro marcado com Ivo Duarte da Thai Kick Team; Teresa Moreira da Dinamite tem pela frente a espanhola Patrícia Lopez da Muay Sapien e Diogo Martins da Dinamite tem como adversário Ali Laamari, também de Espanha.

Quanto aos amadores está ainda prevista mais uma dezena de combates, com início marcado para as 16h00, com transmissão em direto na PFN.

Fonte: Kombat Press

263 Views0
EnglishPortugueseSpanish